réu

Evinis Talon

De 0 a 10, qual seria sua nota para a ressocialização do nosso sistema prisional?

26/12/2023

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Falo mais sobre esse tema nos meus CURSOS: CLIQUE AQUI
Direito Penal, Processo Penal, Execução Penal, júri, audiências criminais, execução penal na prática, oratória, produtividade, técnicas de estudos e muito mais.

 

De 0 a 10, qual seria sua nota para a ressocialização do nosso sistema prisional?

Na minha opinião, -8. E você?

A questão é simples: a legislação tem meios para ressocializar, mas a realidade impõe meios de dessocialização.

Sabe aquela ideia de que “na prática, a teoria é outra”? Pois é. No sistema prisional, essa é a diferença entre o cárcere legal e o cárcere real.

O sistema prisional não é neutro, razão pela qual uma nota zero seria insuficiente. Na minha opinião, a nota é negativa, pois o sistema prisional brasileiro não apenas deixa de ressocializar, mas também contribui para que ocorra a reincidência futuramente. Afinal, muitos presos precisam ingressar em facções como meio de se manterem vivos no cárcere, passam a ter dívidas (pagas com dinheiro ou prática de delitos) e, para piorar, sofrerão o estigma de condenados por um bom tempo (talvez até a último dia de vida).

No livro que lançarei em breve, vou discutir a ressocialização como fim da pena. Afinal, é um fim legítimo? O apenado pode ser obrigado a se ressocializar? Se ele não quiser, pode sofrer alguma consequência? O que acontece quando a pessoa não precisa ser ressocializada? Os meios de ressocialização são suficientes para quem cumpre pena por crimes de colarinho branco?

Quer saber mais sobre esse assunto? Conheça aqui todos os meus cursos.

Leia também:

TRF1: é crime guardar dinheiro sabendo que é falso

Se o Direito Penal fosse uma escola de samba, quais seriam as notas de cada quesito?

STJ: admite-se distinguishing em estupro de vulnerável (Informativo 777)

Precisa falar conosco? CONTATO: clique aqui

Siga o meu perfil no Instagram (clique aqui). Sempre que possível, vejo as mensagens no direct.

Evinis Talon é Advogado Criminalista com atuação no Brasil inteiro, com 12 anos de experiência na defesa penal, professor de cursos de mestrado e doutorado com experiência de 11 anos na docência, Doutor em Direito Penal pelo Centro de Estudios de Posgrado (México), Doutorando pela Universidade do Minho (Portugal – aprovado em 1º lugar), Mestre em Direito (UNISC), Máster en Derecho Penal (Universidade de Sevilha), Máster en Derecho Penitenciario (Universidade de Barcelona), Máster en Derecho Probatorio (Universidade de Barcelona), Máster en Derechos Fundamentales (Universidade Carlos III de Madrid), Máster en Política Criminal (Universidade de Salamanca – cursando), especialista em Direito Penal, Processo Penal, Direito Constitucional, Filosofia e Sociologia, autor de 7 livros, ex-Defensor Público do Rio Grande do Sul (2012-2015, pedindo exoneração para advogar. Aprovado em todas as fases durante a graduação), palestrante que já participou de eventos em 3 continentes e investigador do Centro de Investigação em Justiça e Governação (JusGov) de Portugal. Citado na jurisprudência de vários tribunais, como TRF1, TJSP, TJPR, TJSC, TJGO, TJMG, TJSE e outros.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

EVINIS TALON


LEIA TAMBÉM

Telefone / Whatsapp: (51) 99927 2030 | Email: contato@evinistalon.com

× Fale com o Dr. Evinis Talon