Os Advogados precisam do ócio criativo

Quando o sociólogo Domenico de Masi propôs a ideia de ócio criativo, talvez não imaginasse que um dia essa proposta precisaria ser inserida no sóbrio ambiente jurídico, e não apenas na competitiva cultura empresarial. Talvez seja mais fácil definir o ócio criativo de forma negativa. O ócio criativo não consiste na leitura obrigatória de um[…]